Nossas redes sociais

Este pode ser o primeiro cão falante do mundo

Cão Stella

Curiosidades

Este pode ser o primeiro cão falante do mundo

Este pode ser o primeiro cão falante do mundo

Uma fonoaudióloga pode ter nos dado o primeiro cão falante do mundo

Quando você ouve as palavras ‘cão falante’, provavelmente de cachorros famosos, como Scooby-Doo e Coragem. Acredite esse cachorro falante não é igual aos que existem na TV.

Ciência Maluca? Não, Fonoaudiologia

christina hunger e cão stella
christina hunger e cão stella

A princípio você pode estar imaginando um cientista louco de cabelos loucos cacarejando em algum covil sombrio em algum lugar quando tenta imaginar a pessoa que criou essa maravilha moderna. O fato é que certamente Christina Hunger está tão longe de ser uma cientista louca quanto possível.

Ela é no entanto, uma fonoaudióloga que trabalha com crianças que lutam para falar. Essas crianças se comunicam usando dispositivos de comunicação aumentativa e alternativa (AAC), também conhecidos como placas de som. Ao apertar um botão, uma palavra é dita e, juntando-as, a criança pode se fazer entender. A Christina ficou imaginando se seria capaz de ensinar sua filhote, Stella, a fazer assim o mesmo.

Stella o Cão Falante

A Christina achava que, vendo os cães entenderem as palavras e frases ditas a eles, não seria maravilhoso se os cães pudessem fazer o mesmo. Começando com uma única palavra, “fora”, a Christina iniciou o processo. Toda vez que Christina ou seu noivo iam do lado de fora ou até diziam a palavra “fora” eles pressionavam o botão.

Não demorou muito para que Stella começasse a olhar para o botão cada vez que os ouvisse usar a palavra. Stella também rapidamente começou a apertar o botão sempre que queria sair.

Estudo Rápido – Cão Falante

Com o tempo, Christina começou a adicionar mais palavras como “comer”, “água”, “brincar”, “andar”, “não”, “vir”, “ajudar”, “tchau” e “te amo” e afinal continuou a ensinar Stella da mesma maneira que faria com seus pacientes humanos. Além disso, Stella se comunica aproximadamente no mesmo nível que uma criança média de dois anos de idade. Ela pode usar quase 30 palavras e fazer ‘sentenças’ com até cinco palavras, permitindo que ela peça o que quer ou até repreenda seus donos. Quando Stella pediu comida e foi de tal forma que ignorada pelo casal, ela pensou um pouco, dizendo “não te amo” antes de sair da sala.

Abaixo você pode ver um vídeo de Stella conversando com Christina

Gostou do conteúdo, #compartilhe com seus amigos agora mesmo!

Continue lendo
Você pode gostar...
Deixar um Comentário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

Mais sobre Curiosidades

TOPO