Clamídia: O Que é, Sintomas, Tem Cura? Saiba Tudo Sobre Ela!

 

Imagem*

A clamídia é uma das condições de saúde as quais você precisa se atentar. Afinal, ela pode levar a um quadro mais complicado, e poucas pessoas procuram ajuda médica logo no aparecimento dos primeiros sintomas.

Se você quer saber mais sobre a clamídia, fique atento no conteúdo que separamos para você.

Essa é uma das doenças sexualmente transmissíveis que pode afetar tanto os homens como as mulheres.

A maioria das doenças desse tipo funcionam da mesma forma da clamídia: se você tratar no começo, consegue bons resultados. Se não tratar, a situação pode ficar mais grave.

Para saber se você corre o risco de ter contraído a doença, e como deve ser feito o tratamento, acompanhe nosso guia a seguir. Assim, você não perde tempo e não deixa uma coisa simples se transformar em um grande problema.

Sintomas da Clamídia

Quando falamos do assunto clamídia e sintomas, o problema geralmente costuma ser o período inicial. Isso ocorre, pois o período inicial da doença não costuma ter sintomas muito expressivos.

Na verdade, é só no prazo de mais ou menos 3 semanas após a exposição que podemos falar em clamídia com sintomas.

Esses sintomas são:

  • ardência na hora de urinar;
  • dor no abdômen;
  • corrimento vaginal forte;
  • dores na hora do ato sexual;
  • sangramento após o período de relação sexual;
  • secreção retal;
  • dor retal;
  • inflamação generalizada na pélvis.

Lembre-se de que esses sintomas são os básicos, que realmente caracterizam a doença. Se não houver tratamento, você pode começar a desenvolver sintomas secundários de clamídia.

Nesse caso, tudo vai depender de como o seu corpo reage ao aparecimento dessa doença.

Diagnóstico da Clamídia

Na realidade, o diagnóstico precisa começar com o portador da doença, assim que ele começar a sentir a presença dos primeiros sintomas.

Nesse período, é essencial que ele procure um médico, que pode conferir se se trata dessa DST ou se trata de outra coisa.

O médico especialista vai coletar amostras de secreção tanto dos órgãos reprodutivos internos quanto dos externos.

Depois, ele levará o material coletado para testes.

Se necessário, o seu médico também pode pedir um exame de urina para complementar.

Depois disso, ele voltará com os resultados para o teste de cultura celular, sendo eles positivos para clamídia ou negativos.

Em caso positivo, o tratamento deve se iniciar. Em caso negativo, o paciente será examinado para testar outro tipo de DST.

Esse diagnóstico pode ser feito mesmo sem que a pessoa apresente sintomas. Mulheres grávidas, por exemplo, são aconselhadas a fazer.

Tratamento da Clamídia

Quando falamos de clamídia, estamos pensando em uma bactéria que entra por meio do sistema reprodutor e caminha em direção à pélvis.

Como se trata de uma bactéria, precisamos fazer um tratamento com antibióticos. Como mencionamos, o tratamento não é complicado. Na verdade, o paciente só precisa tomar o medicamento.

A cultura de bactérias descoberta durante o exame vai sinalizar qual o tipo de antibiótico ideal.

Depois, você precisa acompanhar as recomendações do seu médico, que te dirá qual o período de administração e quantas vezes ao dia você precisa fazer esse uso.

Note que, se você está fazendo o tratamento, o seu parceiro ou parceira também deve ser encaminhado para uma consulta. Pode ser que a pessoa não tenha contraído a doença, mas as chances são grandes, principalmente se não houve o uso de preservativos durante o ato.

Remédios para Clamídia

Os remédios para o tratamento de clamídia, como já foi indicado no tópico anterior, são antibióticos. Você deve seguir as orientações do seu médico, que saberá exatamente qual o tipo de antibiótico que deve ser administrado e como você deve administrar.

Normalmente, alguns desses nomes podem aparecer para você, se o médico for receitar tratamento: Astro, Azitromicina, Clordox ou Amoxicilina.

Cuidado com a possibilidade de tomar o antibiótico em dose única nomeado de bezetacil. Você precisa checar se, nesse caso, é possível fazer essa administração e se o paciente não tem histórico de alergias.

Cuidado, também, para não se automedicar. A venda de antibióticos sem receita médica aprovada é proibida, e pode culminar em graves problemas de saúde para o paciente.

Por isso, é sempre importante relatar seu caso em uma consulta completa.

O Melhor Local Para Comprar Remédio Para Clamídia
De todas as farmácias online disponíveis pela internet, sem dúvida alguma a melhor é justamente a que vende a melhor versão do remédio para clamídia.

Clamídia: O Que é, Sintomas, Tem Cura? Saiba Tudo Sobre Ela!
5 (100%) 18 votes

 

*fonte da imagem: https://www.mdsaude.com